O erro de aquisição de clientes que pode arruinar o crescimento da sua empresa

Na sequência da série de artigos da maior autoridade mundial em Customer Success, Lincoln Murphy, agora é hora de falar sobre Perfil do Cliente Ideal (ICP). Você já avaliou se o seu negócio está vendendo para os clientes corretos? Já parou para pensar que isso pode estar custando muito caro para sua empresa e degradando sua reputação no mercado ? Então, espero que aproveite para refletir ou confirmar sua hipóteses com a versão em português do blogpost This Customer Acquisition Mistake Can Kill your Growth . Boa leitura! Você consegue enxergar toda a sua base atual clientes com potencial para alcançar oDesired Outcome com a sua empresa e produto? Se não, você tem um problema. Podem existir várias razões pelas quais o seu cliente não consegue alcançar o sucesso: eles podem não possuir as condições necessárias para se beneficiarem com o que você tem a oferecer. Talvez, vocês usam tecnologias diferentes ou o seu produto simplesmente não é o suficiente para o sucesso deles. Depois de conversar com um CEO, decidi compartilhar o meu conhecimento sobre a estratégia de aquisição de clientes. No caso dele, as agências são o perfil de Cliente Ideal (Ideal Customer Profile) dele. Apesar disso, sua Leia +
Read more...

Como prospectar clientes por email + 4 templates para você usar em sua empresa

Pare e pense: quantos emails irrelevantes você descarta diariamente sem ao menos checar o conteúdo? A sua resposta provavelmente é: muitos! A overdose de informações tão característica do nosso tempo parece ser multiplicada por cem quando se trata das nossas caixas de email, uma “terra sem lei” onde spams, mensagens automáticas e super promoções “imperdíveis” se multiplicam sem cessar. Dedicar seu tempo, que já é escasso, para dar atenção a este tipo de mensagem… sem chance. Mas vamos para próxima pergunta: você já se interessou tanto por um título de email que parou tudo que estava fazendo para dar uma checada no conteúdo e, surpreso, se deparou com uma ótima oportunidade de negócio ou um assunto realmente relevante? A sua resposta provavelmente é: sim! Mais de 90% dos usuários de internet têm email. Em relação ao uso comercial, 75% desses usuários utilizam email e apenas 3% utilizam as redes sociais. E essa relação entre a eficácia do email e das redes sociais no mundo corporativo fica ainda mais interessante: segundo uma pesquisa feita pela consultoriaMcKinsey, uma boa estratégia de prospecção por email é 40 vezes mais efetiva para se conseguir novos clientes do que o Facebook e o Twitter juntos! Leia +
Read more...

Stickers patrocinados: o novo formato de anúncio do Twitter

Pensando nos milhares de fotos que são postadas diariamente nas redes sociais e em tornar mais divertido esse compartilhamento, o Twitter disponibilizou para os usuários, a partir de junho de 2016, uma série de stickers que podem ser adicionados às imagens. E agora, dando sequência a esse lançamento, o site anunciou a possibilidade de as empresas adicionarem à rede social os seus próprios stickers personalizados – chamados de promoted stickers. No lançamento de junho, o Twitter tornou possível que os usuários escolham dentre centenas de acessórios. É possível adicionar diversos stickers em uma foto, além de redimensioná-los e rotacioná-los. Depois de tweetar a imagem, ela se torna pesquisável de maneira visual – ao clicar sobre o sticker, o site leva você a uma página com as imagens de pessoas que usaram a mesma figurinha, em uma espécie de hashtag visual. Como os stickers patrocinados do Twitter funcionam Mas, além de ser divertido, o que isso significa para empresas? De acordo com o anúncio do Twitter, os stickers patrocinados “representam uma oportunidade enorme para que as marcas desenvolvam afinidade e aumentem a consciência de sua mensagem em escala”. As marcas podem desenhar grupos de quatro ou oito stickers para disponibilizar. Fotos com o Leia +
Read more...

As 10 Leis do Customer Success [eBook gratuito]

Temos visto um contexto que tem se repetido em quase todo tipo de empresa: clientes féis, que realizam uma compra de forma recorrente, geram mais de 80% da receita total de qualquer negócio. Isso acontece em hotéis, restaurantes, consultórios médicos, empresas de tecnologia e diversos outros segmentos. Se você ainda não percebeu essa dinâmica, provavelmente está perdendo dinheiro. Nesse cenário onde a grande alavanca das empresas é a retenção de clientes, surge o chamado Customer Success (ou Sucesso do Cliente). Não se trata de uma área de atendimento ou pós-vendas, mas sim um movimento maior cujo foco é fazer seus clientes obterem sucesso através do uso do seu produto ou serviço. Aqui na Resultados Digitais, temos uma área inteira focada nisso: fazer com que os clientes tenham sucesso através do Inbound Marketing. Pensando nisso, nos reunimos à Gainsight, referência mundial em Customer Success, para trazer ao Brasil o eBook As 10 Leis do Customer Success, em que especialistas de diversas empresas compartilham as práticas que mais funcionam em diferentes contextos. Cada uma das leis é um capítulo do eBook, e foi escrita por um especialista da área. São elas: 1 – É um comprometimento geral da empresa, de cima para Leia +
Read more...

Como implementar o Inbound Marketing na área da saúde

Dificilmente alguém que precisa de um médico nos dias atuais procura por ele em algum catálogo impresso. A mulher que tem de agendar uma consulta com um ginecologista, por exemplo, mas não conhece nenhum especialista, busca pelo profissional de duas formas: pede indicação para pessoas conhecidas ou faz uma busca na internet. É por isso que muitos profissionais e serviços relacionados à área da saúde têm investido cada vez mais em Inbound Marketing na área da saúde. As estratégias online aproximam os profissionais da saúde, clínicas e laboratórios das pessoas que procuram e precisam de assistência em saúde. E, usando as ferramentas certas do Inbound Marketing, é possível promover esse encontro de maneira assertiva. Ficou interessado? Então seguem algumas dicas para você implementar o Inbound Marketing em seu consultório, clínica ou outro serviço de saúde que detenha. Passo a passo para fazer Inbound Marketing na área da saúde Primeiro: defina os seus objetivos A aplicação do Inbound Marketing na área da saúde visa obter resultados satisfatórios, mas só é eficaz se você traçar um objetivo para ele. Pare um pouco e pense: qual é o seu? O que seu consultório ou clínica médica está precisando conseguir e/ou melhorar? Pode ser Leia +
Read more...

Consegui gerar tráfego para o meu site! E agora?

Tela do Google Analytics aberta no Tempo Real, os números estão estáveis, até que entra no ar a campanha de marketing e os acessos vão subindo, subindo… você está prestes a bater o seu recorde e está tão emocionado que só falta a narração do Galvão para completar. Praticamente todo gestor de marketing já se viu em uma situação assim. É tanto trabalho para colocar uma campanha no ar, para deixar aquele Email Marketing no estado da arte, para refinar o SEO a ponto de lustrar, para publicar aquele material rico ultra relevante, que o momento de acompanhar resultados é uma celebração digna de ouro nas Olimpíadas. Você no final de um bom mês. De fato, ninguém pode negar a emoção que é ser o responsável por uma ação de marketing bem feita. Mas e depois, o que acontece? Trazer visitantes para o site sempre tem um propósito. Pode ser que você queira que seu Lead faça uma compra, cadastre-se em um trial, preencha um formulário para baixar um material, ligue para você, acesse uma página, inscreva-se em uma newsletter, eduque-se sobre um assunto, compartilhe algo, assista a um vídeo etc. A questão é que gerar tráfego nunca é um Leia +
Read more...

MVP: como usar esse conceito para validar uma ideia e crescer com o feedback do mercado

Então você teve uma grande ideia e quer empreender, correto? Certo, mas ambos sabemos que tem muita gente (como eu) na mesma situação. Certamente não existe uma receita de bolo para o sucesso nos negócios, mas, se fosse para apostar, eu certamente colocaria minhas fichas no processo utilizado para validar ideias e crescer conscientemente. O MVP, nesse contexto, é uma das metodologias mais conhecidas para desenvolvimento de produtos e serviços, criada no berço do empreendedorismo e exposta junto ao conceito de lean startup. A ideia é simples: validar o potencial de uma ideia antes de investir muito dinheiro nela. A execução, no entanto, talvez seja o erro mais frequente cometido na hora de criar produtos e serviços. O que é perfeitamente compreensível, afinal de contas, quem nunca se empolgou com uma boa ideia e quis lançá-la da melhor forma possível que atire a primeira pedra! Conceitualmente, um MVP (Minimum Viable Product) é construir a versão mais simples e enxuta de um produto (ou parte dele), empregando o mínimo de recurso (tempo e dinheiro) e que entrega a proposta de valor principal da ideia. O post de hoje tem por objetivo mostrar por que e como implementar o conceito de Mínimo Leia +
Read more...

Como melhorar a qualificação dos Leads em Marketing usando a análise dos clientes no Pós-vendas

Na área de atendimento da Resultados Digitais – ou Customer Success, como preferimos – ajudamos muitos clientes que estão bem no início na jornada do Inbound Marketing. Uma das perguntas recorrentes que recebemos quando nosso cliente fica feliz em gerar a primeira leva de novos Leads é: “Ok! Mas e agora? O que eu faço com esses Leads?”. Essa é a pergunta de 1 milhão. Reformulando-a, poderíamos dizer: “Bom, quais desses Leads eu indico aos meus vendedores?”. Ou, em outras palavras, quais Leads devo qualificar. A resposta que damos para essa pergunta varia muito, porque auxiliamos o cliente que precisa de ajuda na escolha dos critérios para identificar um Lead bom para vendas de acordo com o perfil de cada empresa. Em linhas gerais, se a empresa está começando, indicamos menos critérios ou critérios mais simples para dizer que um Lead deve ser qualificado como uma oportunidade de venda. A consequência disso é que, à medida que mais oportunidades vão surgindo, o cliente passa a entender melhor a qualidade dos Leads que ele gerou ao tentar realizar suas primeiras vendas para eles. Isto é, em uma fase inicial do Inbound, a empresa pode (e deve) qualificar uma porcentagem maior dos Leia +
Read more...

Hangouts On Air agora será YouTube Live

O Google anunciou neste mês que o Hangouts On Air, serviço de live streaming que já foi utilizado por Barack Obama e pelo Papa Francisco, será descontinuado a partir de 12 de setembro de 2016. Em substituição, a companhia recomenda que os usuários comecem a utilizar o YouTube Live. Criado em 2012, quando o Google adicionou ferramentas de streaming ao Hangouts já existente, a ferramenta permite que os usuários façam transmissões ao vivo por meio do Google+ e as armazenem no YouTube em seguida. Para quem trabalha com Marketing Digital, o Hangouts On Air é muito utilizado na transmissão de webinars ao vivo. Recebido com surpresa, o anúncio foi feito pelo Google nas páginas de suporte técnico do YouTube. De acordo com o comunicado, após o dia 12 de setembro não será mais possível programar eventos no Google+, e será necessário mover para o YouTube Live as transmissões programadas para depois desta data. Caso queira programar seus próximos eventos ao vivo, a ferramenta de agendamento pode ser acessada por meio da área de Eventos de transmissão ao vivo no Estúdio de Criação. Sobre o YouTube Live O YouTube Live ajuda na produção de conteúdo, já que permite transmissões de webinars Leia +
Read more...

Como usar Business Intelligence para melhorar a performance de uma estratégia de Inbound Marketing

Uma das grandes diferenças (e vantagens) do Marketing Digital em relação aomarketing tradicional é a possibilidade das suas ações serem mensuradas. Isso significa que você pode saber com precisão quais campanhas foram mais efetivas, qual caminho seus Leads percorrem antes de se tornarem clientes, quais conteúdos são mais interessantes para a persona da sua empresa e onde estão os gargalos da sua estratégia de marketing e vendas. Tudo isso vem em forma de dados, que precisam ser analisados e transformados em insights para poderem ser utilizados como inteligência competitiva. Ou seja, precisamos transformar os dados crus que diversas plataformas e ferramentas nos fornecem, trabalhá-los até que se tornem informações relevantes e depois insights, para então utilizá-los para melhorar as estratégias de Inbound Marketing. Neste post vamos mostrar a você exatamente como fazer essa transição. Confira! Onde coletar os dados necessários para fazer Business Intelligence (BI)? Você pode coletar dados essenciais em ferramentas de web analytics, de Automação de Marketing, um CRM ou uma plataforma de BI. Eles fornecem dados relevantes como fluxo de entrada dos visitantes do site, páginas com as melhores conversões, caminhos percorridos pelo seu Lead, os padrões de consumo, a localização deles, os horários em que eles Leia +
Read more...