Monthly Archives - dezembro 2016

Feliz Natal!

Toda a possibilidade de felicidade esta em nossas mãos, basta ter coragem e determinação para transformar momentos difíceis em grandes desafios, buscando na solidariedade um passo para dias melhores. Neste Natal, que o grande potencial da humanidade revele-se em cada um de nós para o vivenciarmos o verdadeiro espírito do Natal e que este nos guie durante o ano novo que está para começar. Feliz Natal e Próspero Ano Novo! Compartilhar Leia +
Read more...

7 razões pelas quais seu conteúdo não gera Leads – e possíveis soluções7 razões pelas quais seu conteúdo não gera Leads – e possíveis soluções

Quando se trata de geração de Leads, sabemos que uma das formas mais eficientes e fáceis de conseguir as tão esperadas conversões é criar conteúdo e oferecê-lo para seus visitantes e Leads. Mas a realidade é que, muitas vezes, essa geração de Leads não acontece como o esperado: você planeja o conteúdo, produz, divulga-o e… nada. Mas o que deu errado? Por que seu esforço foi por água abaixo? Afinal de contas, será que a produção de conteúdo para geração de Leads não serve para a minha empresa? Será que o Marketing de Conteúdo está saturado? Antes de se lamentar por não está gerando resultados, você precisa identificar as causas pelas quais seu conteúdo não engajou. Por isso, neste post resolvemos abordar algumas das principais razões pelas quais as empresas criam conteúdos que não geram conversões – e o que você pode fazer para evitar ou consertar esses erros. Confira! 1. Você não identificou seu público-alvo Razão É muito comum, principalmente para empresas que estão começando ou estão dando seus primeiros passos no Marketing Digital, não terem personas definidas. E isso pode ser um verdadeiro tiro no pé, afinal, se você não sabe quem é o seu público-alvo, fica muito Leia +
Read more...

Marketing Digital para academias: como fazer da internet um canal de aquisição de alunos

No mercado fitness, é muito comum ver os altos e baixos no volume de novas matrículas. Em meses frios, o volume é muito baixo; em meses quentes, perto do verão, é muito alto. Eu, nos quase 12 anos em que atuei com vendas em grandes academias de São Paulo, percebi que muito dessa sazonalidade tem a ver com a forma passiva com que academias, box de Cross Fit, clubes e studios adquirem clientes. Em um contexto generalizado, os estabelecimentos vendem para quem vai no local conhecer e saber o preço. A consequência disso é que, para terem matrículas, eles dependem da motivação das pessoas em agir. Ou seja, em ir até o estabelecimento ou até mesmo em telefonar. Por isso, as academias só vendem quando o cliente está com senso de urgência para comprar, e dificilmente interferem nesse processo. Existem dois cenários bastante destoantes entre si quando o assunto é o investimento das academias em marketing: ou não há investimento algum em marketing, por acharem que o boca a boca é suficiente; ou investem mais do que podem em ações marketing e não conseguem medir o retorno. Aliás, esse último é um ponto bastante importante sobre investimento em marketing. Muitas Leia +
Read more...

6 razões para usar o certificado SSL no seu site

Há 5 anos acompanho pessoalmente este mesmo blog que você está lendo e vejo o Brasil evoluir muito em geração de Leads. Você já se perguntou como as empresas brasileiras vendem para todos estes Leads gerados? Bem, nós já. Uma das respostas que já tínhamos era que nos EUA o número de profissionais que vende por Inside Sales cresce 15x mais do que Vendas Tradicionais. Mas era preciso ir mais a fundo e entender melhor a realidade daqui. Fomos descobrir como o Brasil faz Inside Sales, e quais as métricas que podem influenciar sua operação de vendas. Estudamos 5 frentes: Processo & Pipeline de Vendas; Metas & Previsão de Vendas; Comissionamento & Recompensa; Treinamento & Coaching; Tecnologias para Inside Sales. Este estudo terminou com a Inside Sales Benchmark Brasil. Os principais insights seguem abaixo: tenha uma ótima leitura, e fique à vontade para comentar ao final 🙂 1 – Fechamento dos negócios A taxa média de fechamento entre as empresas respondentes é de 17%, e essa métrica não está muito abaixo do próprio benchmarking norte-americano (de 20 a 25% em média). Mas quando analisamos mais profundamente o gráfico vemos que 35% das empresas fecha até 10% dos negócios, e este Leia +
Read more...